terça-feira, 10 de abril de 2018

O valor da tua atenção

Há tantas coisas que nos distraem e que chamam a nossa atenção que acabamos por perder a noção do valor que devíamos reconhecer à nossa atenção. Damos importância a estar presentes em muitas ocasiões, em estar atualizados sobre tudo e a aprender novas competências, mas falhamos em reconhecer que a nossa atenção, a nossa presença tem um valor que deveríamos considerar alto, mas que acabamos por dar ao desbarato. A qualquer coisa, a qualquer nova moda, a qualquer pessoa, a qualquer post nas redes sociais, nós entregamos a nossa atenção, a nossa presença de espírito,  o nosso precioso tempo.

E é por isso que te pergunto, qual é o valor da tua atenção? Seja ela em presença física, seja ela por via internet. Que valor lhe dás?

Se calhar nunca tinhas visto esta questão por este prisma. Se assim for, reflete um pouco. Não será assim mesmo? Quando vais a uma loja e te pedem um determinado valor por um objeto, por uma comida, tu não verificas se está dentro do que tu achas aceitável. Não te queixas “isso é demasiado caro, não acho que valha tanto do meu dinheiro”. E porque não o fazes em relação à tua atenção. À tua presença, enfim, ao teu tempo? 
Photo by Josh Calabrese on Unsplash

Poderás por ventura trabalhar mais horas para ficar com um saldo maior de atenção, ou te tempo? Não?! Claro que não. Então a tua atenção é ainda mais valiosa do que o teu dinheiro, não te parece?

Se não fores tu a reconhecer o seu valor e a agires em conformidade com isso, quem achas que o fará?

Acredito que concordarás que a tua atenção é valiosa, que as distrações, mais do que ladrões de tempo, estão a roubar-te aquilo que de mais precioso tens, a tua capacidade de decisão sobre aquilo que merece a tua atenção. Por isso deixo-te algumas dicas:

- Define, diariamente, sobre o que te queres focar naquele dia

- Cria uma lista de tarefas diárias

- Desliga notificações do telemóvel, serás tu a decidir quando é altura para vê-las

- Define períodos fixos, não mais de três, para verificar as tuas caixas de entrada (email)

- Define um período para te distraíres com as redes sociais

- Antes de iniciares o teu passeio pelas redes sociais, define o teu objetivo para aquela visita, queres ver o quê? Queres atualizar-te para quê e sobre o quê?

- Antes de aceitares entrar em grupos nas redes sociais ou em plataformas, pergunta-te, para quê? De que forma irás isto contribuir para o meu caminho?

- Trabalha em blocos de tempo e intervala com uma curta pausa 

- Tem um bloco de apontamentos, nele irás capturar todos os pensamentos e preocupações que te vão aparecendo na mente, descarrega-os para o papel

- Antes de aceitares um convite, reflete sobre a importância que aquele evento terá na tua vida, nos teus objetivos, no caminho que queres seguir

- Antes de iniciares uma nova aprendizagem, reflete sobre o significado que ela terá na tua vida

Ao acordares, lembra-te: A minha atenção vale ouro, hoje vou usá-la para...


Sem comentários:

Enviar um comentário