terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Está no nosso coração!

Sim, bem sei que o Dia dos Namorados é uma importação de uma cultura estrangeira. Sim, bem sei que nos devemos ocupar dos nossos amores todos os dias. Sim, sim, eu sei isso tudo.

O que não sei é porque é que não hei-de usar esta desculpa, este motivo para ainda aprofundar mais a demonstração do meu amor? Porquê? Porque hei-de ficar revoltada, resistente e imutável? Porque hei-de recusar esta oportunidade?

Não consigo saber porquê. Mas consigo perceber o quão bom poderá ser cobrir o meu amor de carinho, de ternura, de atenção. Será que isso poderá ser de alguma forma mau? Haverá alguma maneira de o reforço do meu amor neste dia, apenas porque o vendem assim, se tornar numa coisa má?

Ou será que a única coisa que suporta a recusa de aumentar a manifestação do afecto neste dia é a ideia de que não o faço nos dias normais e portanto neste também não vou fazer diferente, só porque há quem queira.  Será que ao resistir não estarei simplesmente a dizer, "nem penses que me convences a ser mais carinhosa hoje, a dar-lhe mais amor hoje, nem penses". Será? 

Celebrar o amor, não é disso que se trata?

Não está na nossa cultura? E depois?  Está no nosso coração!


Imagem

Sem comentários:

Enviar um comentário