quinta-feira, 28 de julho de 2016

De Amor e Sangue - Lesley Pearse

Esta é a história de Hope. 

Nascida como fruto de um adultério de uma aristocrata, Hope é acolhida numa família pobre e cresce numa mentira.

O decorrer da vida leva-a a momentos de desespero e de angústia, mas o seu carácter e a sua força interior levam-na a ultrapassar obstáculos e a encontrar o seu lugar.

Como habitualmente, Lesley Pearse traz-nos uma mulher carismática e cheia de força de vontade e generosidade.
Imagem

A escrita fluida e agradável leva-nos a querer acompanhar a vida de Hope, tornando, muito curtas, as 662 páginas da edição Asa. Lesley faz magia com a escrita. Enreda-nos na história, aprisiona-nos, fazendo crescer a vontade de continuar a ler para acompanhar Hope nas suas aventuras e desventuras. É a constante batalha entre as razões para o desânimo pelas circunstâncias que Hope vive e o espírito forte e alegre que a personagem tem e a levam a manter-se fiel a si mesma.

Sempre que fechava o livro, a história de Hope acompanhava-me. Era como uma amiga que eu estava sempre desejosa de ter tempo para reencontrar.

A trama da história não é deslumbrante e penso que nem pretende ser. Lesley insinua-se calma e docemente no nosso pensamento através do carácter das suas personagens. Leva-nos a viver as suas histórias como se fossem reais e isso impele-nos a mantermo-nos ligados e com vontade de continuar agarrados ao livro.

De Amor e Sangue é um bom livro que te aconselho a ler!

Sinopse

Somerset, 1836.
A recém-nascida Hope é a prova viva do adultério da mãe, a aristocrata Lady Harvey. A sua chegada a este mundo não é festejada e as lágrimas em seu redor não são de alegria. Imediatamente arrancada àquele meio privilegiado e entregue nas mãos dos Renton, uma família pobre mas acolhedora, Hope cresce sem saber a verdade sobre as suas origens. E quando chega o dia em que também ela tem de começar a contribuir para o sustento da família, é precisamente para os Harvey que trabalha. Deslumbrada perante a mansão luxuosa, a elegância dos seus patrões e a beleza que os rodeia, Hope enfrenta com brio e gratidão a extenuante rotina de trabalho.
Mas a descoberta de uma ligação proibida vai lançá-la sozinha para as ruas, para uma vida de miséria e solidão. É na adversidade, porém, que descobre uma força interior que desconhecia, bem como um talento para ajudar os mais fracos. Trata-se de um dom que não passa despercebido ao Dr. Bennett, que a leva consigo para a Crimeia, para ajudar a tratar dos feridos vindos dos sangrentos campos de batalha. Mas os segredos do passado teimam em vir ao de cima, e Hope tem ainda um longo caminho a percorrer na tentativa de enfrentar o legado do seu nascimento.


Sem comentários:

Enviar um comentário