quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Como contorno a pressão do dia-a-dia?

A vida de todos nós é um corre-corre que dificilmente conseguimos evitar.

É a vida familiar com mil e uma exigência, é a vida profissional com horários apertados e muitas obrigações. Temos pouco tempo para nós próprios e ainda procuramos ter espaço para actividades sociais/amigos e cultura/desporto.
Imagem

É, sem dúvida, um desafio procurar equilibrar todas estas exigências e vontades.O esforço é tão grande que a maior parte de nós entra em períodos de stress que levam à angustia e à desmotivação.

Não podemos, na realidade, evitar que a vida seja assim, que o ritmo seja elevado. Podemos procurar viver no agora e reduzir ao máximo as actividades para podermos desacelerar, mas as exigências continuam lá e isso stressa-nos.

Então como conseguir aliviar esta pressão?

Haverá com certeza mil e uma formas de o fazer, mas eu apenas posso falar daquelas que para mim dão muito resultado. Se darão para ti, não sei, mas pela minha experiência e pelas maravilhas que fizeram para o meu bem-estar eu recomendo-as.

1 - Ter uma rotina da manhã - ajuda-me a saber exactamente o que tenho de fazer, pela ordem que devo fazer e proporciona-me um início de dia mais relaxado.

2 - Limitar a informação (redes sociais/jornais/televisão) - uma grande parte da informação que nos chega é desnecessária. Ser seletivo em relação às fontes e ao tipo de informação que queremos, permite-nos filtrar tudo o que não é importante e que só servirá para aumentar a pressão e encher espaço.

Imagem
3 - Listas de actividades diárias, com referência a um planeamento mais alargado (semanal/mensal/anual) - as listas permitem-nos agir sem tomar decisão e com a segurança de que estamos a fazer o correto na altura certa. Estas listas foram feitas por nós e obedecem a um plano de organização maior, que nós próprios delineámos, por isso, são fiáveis.

4 - Ter tempo para descansar - o descanso é fundamental se queremos uma vida equilibrada e mais protegida do stress exagerado e prejudicial. Quer em casa, quer no trabalho mantenho-me off (a minha vida on-line é consciente, ou seja, eu escolho com consciência os momentos em que quero ter uma presença on-line. Não tenho notificações nem nada que me puxe para o on-line sem ser a minha própria vontade consciente). Procuro ter tempo para as minhas atividades de fluxo (normalmente ler e escrever) e descansar realmente com momentos do nada. Acredito que só assim poderemos repor energia.

5 - Aprender qualquer coisa - procuro estar sempre a aprender qualquer coisa, mas sem qualquer expectativa, apenas para adquirir conhecimento e evoluir pessoalmente. Tenho momentos em que me debruço sobre maquilhagem, ioga, receitas saudáveis, livros, roupas, organização, planeamento, tudo aquilo que me suscitar interesse. Mas não misturo, ou seja, quando estou num período em que me dedico às receitas saudáveis, nessa altura apenas procuro desenvolver conhecimento sobre isso.

Imagem
6 - Não fazer multitasking - procuro cultivar a concentração e o foco. Considero que este é o caminho para conseguirmos apreciar o momento e vivermos de forma prazerosa todos os pequenos e maravilhosos pormenores que a vida nos proporciona. 

7 - Meditação - pratico meditação de atenção plena, normalmente com ênfase no body scan e de pranayama. Esta prática ajuda-me a ter um dia mais tranquilo e mais virado para mim própria, para o que sinto. Reconhecendo o que sinto, através das manifestações do meu corpo, mais facilmente detecto mal-estar e consigo actuar sobre ele.

Nem sempre é fácil manter-me fiel a estes "princípios de vida", mas os resultados quando o faço são bem reveladores do seu benefício.

Também tens pequenos segredos como estes que te ajudam no dia-a-dia? Ai, sim, quais são?

Sem comentários:

Enviar um comentário