terça-feira, 6 de outubro de 2015

O poder do pensamento

Imagem
Muitos de nós queixam-se por não conseguirem o que pretendem. Culpam o exterior, culpam a conjuntura, culpam o passado, culpam a falta de oportunidades, culpam os amigos, culpam a família.

Mas esses, nós, que todos culpam, não reparam que ao culparem os outros estão a focar-se no negativo e, por isso, a atrair o negativo.

Muito se fala da Lei da Atração. Mas o que é isso?

Pela Lei da Atração acredita-se que atraímos o que pensamos. Se pensarmos no negativo, atraímos o negativo. Se, pelo contrário, nos focarmos no positivo e no que desejamos, pela positiva, então conseguiremos atrair o positivo.

O que acontece é que a maior parte das pessoas pensa no que não quer e não no que quer e, assim, acaba por receber o que não quer.

A Lei da Atração baseia-se na ideia de que o Universo escuta o pensamento nuclear, ou seja, escuta o nosso pensamento dominante, aquilo em que estamos focados. Se estamos sempre a pensar, "eu não quero este trabalho" o universo escuta que estamos a pedir este trabalho. Se queremos mudar de trabalho, por exemplo, quero trabalhar no hospital X como enfermeira, então devemos pensar "eu quero trabalhar o hospital X como enfermeira".

Imagem
O nosso foco deve estar sempre virado para o que queremos concretamente.

Nós somos energia e como tal vibramos em certas frequências e é essa frequência que o Universo escuta.

Para que a Lei da Atração funcione positivamente para nós temos que estar conscientes dos nossos pensamentos e sabermos, verdadeiramente, o que desejamos.

A ideia fundamental é a de que para obter mudanças seja no que for, devemos mudar por dentro e emitir um novo sinal aos nossos pensamentos, para que estes possam emitir uma nova vibração.


"Tudo aquilo que somos é o resultado daquilo que pensámos" 
Buda











Sem comentários:

Enviar um comentário