terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Dona de Casa ou Gestora de Família?

Hoje em dia há, com certeza, poucas mulheres que se dedicam apenas à sua casa. A expressão dona de casa tornou-se mais rara mas mesmo assim quando falamos daquilo que ocupa o nosso tempo, das mulheres, o síndrome da dona de casa aparece logo. 

"Chego a casa do trabalho e tenho ainda de tratar dos miúdos, do jantar, da roupa, o fim-de-semana é só para a casa...uma trabalheira!"

Concordo, é uma trabalheira, mas aquilo que te quero perguntar hoje, a ti minha amiga, é: és dona de casa ou és gestora de família?

Parece-te só um nome pomposo para a mesma realidade? Bem, não é. Para mim, dona de casa é quem executa o que vai sendo necessário. A sua ação é de reação ao que é preciso e é quem executa aquilo que é preciso. Já gestora de família é quem gere este grande empreendimento que é uma família. Quem planeia, quem antecipa e encontra soluções prévias, que muitas vezes passa pela delegação de tarefas, outras por ser capaz de definir prioridades de maneira a gerir o tempo de forma otimizada. É quem controla e dirige o descontrolo que é o quotidiano familiar.

Pois bem, agora provavelmente compreendes como diferencio as duas vertentes. Então, diz-me, quem és tu?
És aquela que olha para o caos em que a casa está e se vitimiza, porque é que ninguém me ajuda? Ou deixam tudo numa desordem total? És aquela que olha para o marido/parceiro e só lhe dá ganas de o estrangular porque ele não toma a iniciativa de ajudar? Ficas desolada quando dás conta que o fim-de-semana é mais pequeno do que aquilo que precisavas? És tu quem faz as compras todas e mesmo assim nunca há nada em casa? Ou que chega a casa cansada e não sabe o que fazer para o jantar? Então, amiga, és uma dona de casa! 

Não tem mal. É o que és neste momento. Mas desafio-te, desafio-te a mudares e passares a ser a Gestora de Família. Enche o peito e afirma, eu não sou uma vítima, sou eu quem gere esta tropa, eu sou capaz de por isto a funcionar bem! És mesmo, sabes. És mesmo capaz. Eu sei que dentro de ti está a gestora, só precisa de uma mão para vir cá para fora.

Vem, amiga eu ajudo-te! Durante este mês vamos fazer uma série de postes com o intuito de te ajudar a ganhar o controlo da tua empresa...a tua família! 

Sem comentários:

Enviar um comentário