sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Vamos praticar .... gestão emocional

No último post vimos que a gestão emocional é uma competência que pode ser aprendida e desenvolvida. O que é uma boa notícia, não achas?

Mas como tudo o que pode ser aprendido, para o conseguirmos dominar precisamos de exercitar, de treinar. Não conseguirás correr uma maratona se não treinares com bastante afinco. O mesmo se passa com a gestão emocional e, por isso, hoje trago-te exercícios muito simples mas que se os fores fazendo regularmente depressa te darão um maior domínio do teu estado de espírito e das tuas reações.

altera a posição do teu corpo ou muda de local, não é à toa que se diz "vai dar uma volta para acalmares, vai espairecer". A verdade é que as nossas emoções são passageiras e a melhor forma de as fazer passar é mudar o foco da nossa atenção. Por vezes basta mudar a posição do corpo para que a nossa atenção seja desviada. Se isso não resultar, muda de ambiente, saí, vai para outra sala.

-  respira fundo e controla momentaneamente a tua respiração, aqui também o factor determinante é o nosso foco, ao focares a tua atenção na respiração, o motivo que gerou a emoção irá tornar-se turvo e com isso perderá a força.

Imagem













- separa-te da emoção, procura observar a tua emoção como se não fosse tua. Desliga-te dela e verás como perde a sua força.

- questiona a emoção que sentes, duvida da convicção que está subjacente àquela emoção (ex. enervaste com o teu filho porque não faz o que lhe dizes de imediato. Estarás a aborrecer-te pelo que ele está a fazer ou porque estás convicto de que está a colocar a tua autoridade em causa? Se for este último caso, então quem te enervou, não foi o teu filho, foi o teu ego!)

argumenta, sempre que sentires uma emoção que se incomoda, procura a sua razão de ser e depois argumenta contra. Por exemplo, sentes-te triste porque uma amiga não te respondeu à mensagem. A emoção fica desenfreada, é tristeza, é indignação...enfim. Contra-argumenta com todas as possibilidades válidas e positivas que existem para ela não te ter respondido. Isto irá criar um equilíbrio nas tuas emoções e conseguirás manter-te sereno.

Vamos aos treinos?



Sem comentários:

Enviar um comentário